6 Recomendações de Ginecologistas para Evitar o Mau Cheiro na Região Íntima

Publicidade

Existem alguns hábitos que podem contribuir para a alteração da flora vaginal e com isso o mau cheiro tende a aparecer com mais frequência. 

Obviamente que nenhuma mulher deseja ter um cheiro desagradável na região íntima, mesmo assim há muitos erros que elas costumam cometer e que deixam a vagina malcheirosa. Entretanto vale ressaltar que a região possui um cheiro característico proveniente de possíveis secreções vaginais. Portanto quando surgir algum cheiro muito intenso ou estranho, é recomendável que você procure um ginecologista. 

Publicidade

Abaixo listamos seis hábitos que todas as mulheres devem adotar para evitar odores desagradáveis na vagina. 

1.Evite o uso de roupas extremamente justas

 As roupas muito justas atrapalham a respiração da região vaginal e isso facilita a reprodução de bactérias e fungos, e isso pode fazer com que exale um mal odor. Recomenda-se o uso de roupas largas e com tecido de algodão. 

2.Higienização exagerada

 São os pelos pubianos que ajudam a região íntima, portanto a remoção total dos pelos não é recomendável. 

Publicidade

O excesso de uso de produtos que não específicos para uso íntimo pode agravar  a situação.

3.Uso de sabonetes errados

 Recomenda-se o uso de sabonete específico para a região da vagina, caso contrário você pode desequilibrar o pH da vagina e isso facilita a multiplicação de microrganismos nocivos que levam ao mau cheiro. 

4.Desatenção na higienização da região íntima 

O excesso de higienização pode levar ao mau-cheiro, mas a ausência de higiene também pode causar odor desagradável. e isso pode causar problemas mais graves. Isso é devido ao acúmulo de suor e secreção vaginal. 

5.Uso de ducha vaginal

Ainda que diversas mulheres façam o uso desse método, esse objeto tem algumas desvantagens. A mais considerável é o fato de que ela pode causar pequenas lesões da região da vagina facilitando o desenvolvimento de infecções. Além disso, segundo os ginecologistas a ducha acaba com a flora vaginal que é quem protege a região íntima. 

Isso facilita o aumento de microrganismos nocivos e essa atuação pode causar o mau cheiro. Os ginecologistas não recomendam o uso da ducha. 

6.Alimentação desequilibrada 

Uma alimentação irregular pode colaborar com o desenvolvimento de fortes odores na região vaginal. O uso de alguns fármacos também pode acarretar o meu cheiro na região íntima. 

Publicidade

You may also like...